sexta-feira, 15 de fevereiro de 2013

Vídeos sobre o meteorito na Russia

Câmeras particulares registraram o momento em que o meteorito explodiu na manhã desta sexta-feira, (15/02/2013), nos céus da região de Chelyabinsk, Urais, Rússia. Segundo especialistas, é possível que o meteorito fosse formado de gelo e explodiu a cerca de 80km do solo. 

O que mais impressiona é o som supersônico de sua passagem, causando a quebra de vidros e um barulho ensurdecedor.

O número de afetados pela sua queda chega a 514 pessoas, informa o centro de imprensa da direção provincial do Ministério das Situações de Emergência da Rússia. Onze delas foram hospitalizadas, incluindo duas crianças. A maioria dos afetados tiveram contusões e cortes, não precisando de hospitalização. 

De acordo com serviços especiais, outros dois fragmentos de asteroide podem cair na região durante o dia e mais perto da noite. As pessoas estão sendo incentivadas a se abrigarem em suas casas.





Segundo a NASA, não foi possível detectar o meteorito devido ao seu pequeno tamanho. Ainda segundo ela, sua queda nada tem haver com o asteroide 2012 DA14 que passou à mais curta distância já registrada da Terra às 17h24 (horário de Brasília) de hoje. Apesar de ter passado "raspando" - em termos astronômicos - pelo planeta, distante apenas cerca de 28 mil km, o corpo celeste não provocou danos. Havia o temor de que o asteroide colidisse com algum satélite comercial, já que a trajetória foi tão próxima que ultrapassou a órbita geoestacionária, onde está localizada a maioria dos satélites artificiais de comunicações e de televisão.

Você é cliente de qual Banda Larga ?