sábado, 16 de fevereiro de 2013

Remédio para driblar "BAFÔMETRO"


Com o aumento da fiscalização da "Lei Seca", os motoristas buscam alternativas para burlar o bafômetro. Uma delas oferece riscos à saúde dos motoristas. Os motoristas estão ingerindo uma substância chamada metadoxil, medicamento com tarja vermelha (com venda controlada e sem risco de morte).
A função original do remédio é restaurar o fígado debilitado pelo excesso de bebida. Mas tem gente usando o medicamento para não ser flagrado na fiscalização da Lei Seca. Vendido sem receita, o medicamento está com estoques baixos na capital paulista.
O medicamento atua no metabolismo do álcool, acelerando a sua degradação ao aumentar a atividade de algumas enzimas. Ele apressa a eliminação acetaldeído pelo organismo - é essa a substância que provoca a intoxicação alcoólica e seus sintomas negativos característicos. Isso diminui o tempo do álcool na corrente sanguínea
Segundo especialistas, o metadoxil pode causar transtorno gástrico, erupção cutânea e, em caso de superdosagem, até taquipneia (aumento da frequência respiratória) e convulsões. Em nota, o laboratório Baldacci S.A., que comercializa o remédio, desaconselha a automedicação e ressalta que “o uso do metadoxil não protege o motorista que ingeriu bebida alcoólica da condição de infrator".


FONTE: www.tambau247.com.br

Você é cliente de qual Banda Larga ?